(Não, eu não li esse livro. Ainda)

O mundo não acabou. Passamos mais um dia do vestibulando (24 de maio, que é também aniversário da minha mãe) e hoje é dia do nerd.

Que virou uma grande modinha ¬¬”

Mas whatever, esse não é um post pseudo-cult dizendo o quão ruim é esse monte de gente se denominando nerd, nem pra falar do boato do twitter do Restart ter acabado.

É mais um post pra dizer: I still alive. E sem querer atualizar o blog simplesmente porque as coisas andam bem inconstantes (ainda que elas sempre foram inconstantes e isso nunca me impediu de atualizar).

Na boa, eu espero que meu professor de redação não leia isso, ficaria decepcionado, rs.

Mas se querem notícias, estou na lista de espera de um concurso público e esperando notícias de outro (que tive uma pontuação legal e só não falo em números porque dá azar shaushuashaus) e isso não quer dizer que eu desisti de medicina (como me foi sugerido). Quer dizer que eu posso ter um emprego sussa e fazer um cursinho lindo noturno.

Tá, vou falar: estou com abstinência de cursinho. Sério cara. This is so…

E metade da culpa por eu ficar tanto tempo sem alimentar meu amado blog foi por estar sem internet. Mas agora estou com essa net linda aqui *-*

Mantendo a inconstância entre os assuntos, o Enem abriu inscrições essa semana e se vocês quiserem saber o quanto eu ODEIO E EXCOMUNGO o Enem, o Haddad e afins, podem fuçar no arquivo do blog, coisa que eu faria se não estivesse com tanto desânimo.

Não vai, vou deixar o link. Esse é de 2010 e esse é o de 2009 e eu prestei em 2008 como treineiro no 2º ano, mas ainda não tinha o blog. Caralho, tô ficando velha 😦

Aliás, tenho péssimos flash’s do ENEM 2008. Coisas como astigmatismo, prova cor-de-rosa, fome, Texas tocando sertanejo universitário ao lado da Unimar, eu me perdendo na Unimar, eu perdendo meu pai no Texas, fome, raiva, “porra não vai dar tempo”, “essa prova não acaba mais?”, “i can’t see anything”, “mimimi”…

Ah, meus tempos de noob vestibulanda *-* Achei a prova extensa porque ainda não tinha prestado Unesp. Ou Famema. Ou USP. Enfim… E eu ainda me perco na Unimar :/ E ainda odeio o Texas.

Voltarei a escrever quando estiver mais criativa e menos epifânica.

Abraço aos imortais

Anúncios